April 25, 2017

March 9, 2017

Please reload

Posts Recentes

Prosperidade no Aprendizado - Curso Presencial

February 23, 2018

1/10
Please reload

Posts Em Destaque

Superando bloqueios e obstáculos no aprendizado

February 14, 2017

 

 

Entender o processo de aprendizado e os elementos que fazem parte desta ação, podem fazer uma grande diferença nos resultados.

 

Desde a nossa tenra infância somos bombardeados de regras de como devemos agir e ser, sem perceber, nosso inconsciente está se formando com crenças que carregaremos ao longo da vida.

 

A não ser que possamos refletir sobre elas e recriar nosso sistema de crenças, viveremos em função delas. Pra melhorar é preciso mudar.

 

Em nossa vida escolar, somos levados pelo sistema educacional em que estamos inseridos e muitos de nossos bloqueios podem vir daí.

 

Em uma escola qualquer, a professora cria uma expectativa para a aula seguinte dizendo: - Amanhã estudaremos raiz quadrada.

 

O que este comentário da professora provoca na mente dos alunos?

 

A criança vai associar o comentário da professora com o que já possui em seus conhecimentos sobre raiz e quadrada. Provavelmente vai imaginar que a aula tem algo como uma árvore de raiz quadrada.

 

No dia seguinte a professora apresenta um símbolo matemático (√), o da raiz quadrada e dá a definição de raiz quadrada como o resultado de um número multiplicado por ele mesmo. Isso não é confuso?

 

Estudando documentos originais do desenvolvimento da matemática, descobri que a ideia de raiz quadrada vem de um trabalho do matemático Leonardo de Pisa, o Liber Abaci, de 1202, na página 3, está escrito em latim: “radix quadratum 16 aequalis 4”, ser for traduzido para o português deveria ser: “o lado do quadrado 16 é igual a 4”, e não raiz quadrada de 16 é igual a 4. Daqui podemos constatar que a palavra radix não tem nada a ver com raiz, pois a tradução correta de radix é lado.

 

Então, hoje na matemática se usa o simbolo (√) como o de raiz quadrada pelo fato de que, ao longo dos anos, foram fazendo cópias deste livro e a palavra radix foi sofrendo abreviações até chegar ao atual símbolo, que não é mais do que um alongamento ou variação da letra ”r”, como nos mostra a seguinte figura:

 

É muito mais simples explicar para os alunos que ao dividir um quadrado em 9 partes iguais, cada lado terá valor 3 desta dimensão, conforme a figura acima.

 

Existem muitos outros problemas de traduções e cópias de livros e tratados científicos que são suprimidas a simplicidade das ideias originais e que agora estão nos livros didáticos dificultando o entendimento pelos alunos.

 

Por conta destes problemas, os alunos carregam para sua vida escolar inconsistência no aprendizado e acabam por achar que não tem aptidão por determinadas áreas de estudos, alguns afirmam que não levam jeito para as exatas outros para as humanas.

 

A solução está em refletir sobre como aprendemos ao longo da caminhada escolar e tomar a decisão de reaprender com novas perspectivas, questionar nossas aptidões atuais.

 

A questão da raiz quadrada não foi colocada aqui para colocar a culpa na escola, ou no professor, mas para que se reflita sobre a necessidade de buscar novas alternativas e virar o jogo a seu favor. Quando descobri que existem outros caminhos que poderiam me fortalecer naquilo que achava que era meu ponto fraco, abri muitas portas que nem sequer sabia que existia. Isso me causou felicidade e força para procurar outras portas. Percebi que precisava mudar e com isso o mundo mudaria comigo.

 

Aumentar sua visão de mundo é importante para te fortificar e cada vez mais acreditar no seu potencial para ultrapassar obstáculos e vencer os desafios.

 

Alexandre Felske

Equipe Hélio Couto

www.aceleraroconhecimento.com.br

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga
Procurar por tags
Please reload

Arquivo